Chaise-longue e recamiê fazem uma releitura do design clássico

Leda Nascimento

Matéria originalmente publicado no site diarioweb.com.br

Desde sua aparição no salão de design de Paris, a chaise-longue Le Corbusier, vem sendo reiventada e reestilizada nos desenhos de sofá, poltronas, divã e recamiê. O ponto que diferencia os modelos atuais do passado, é que eles têm abandonado as curvas da poltrona francesa e apostado nos estilos de linhas retas. Pelo menos é o que se viu no estande ocupado pela Americanflex, empresa de Rio Preto do ramo de colchões e estofados, no Salão Internacional de Vendas e Exportação de Móveis (Abimóvel), evento encerrado no último dia 21, no pavilhão Anhembi, em São Paulo.

Na feira, foram lançados dois modelos de recamiês para alongar a cama. Denominados de Unique e Formatto, os móveis são feitos com estrutura de madeira de reflorestamento, estofamento em espuma super macia, com tratamento antifungo e anticupim. A consultora de vendas Valéria Borges, da loja Perfil Móveis, de Rio Preto, diz que um estofado com chaise-longue serve para ocupar espaços onde se busca funcionalidade. Portanto, é um móvel sempre atual, recomendado para home-theater, escritórios e living.

No projeto acima, da arquiteta Vanessa Fontes, o uso de chaise-longue modernizou a decoração.

Para ler a matéria completa, clique aqui.